Todos devemos conhecer estes sintomas de intolerância ao glúten


A intolerância ao glúten é uma alteração da tolerância intestinal em relação a este nutriente proteico que, se permanente, se transforma em uma forma alérgica real, conhecida como doença celíaca.

Como a intolerância não é uma doença, mas sim uma condição para-fisiológica, abster-se de consumir alimentos que contenham glúten ajuda a evitar a inflamação do intestino.

É importante, portanto conhecer os principais 9 sintomas típicos da intolerância ao glúten, aprenderes mais sobre o teu corpo e protegeres a tua saúde.

1. Problemas na pele e nas unhas

A queratose dos cabelos e a dermatite herpetiforme podem ser uma consequência da sensibilidade ao glúten: neste caso, haverá prurido e erupções cutâneas no corpo e unhas quebradiças.

2. Problemas intestinais

Os principais sintomas estão associados à disfunção intestinal: diarreia, náusea, inchaço abdominal, constipação, os mesmos sinais típicos da síndrome do intestino irritável, com os quais a intolerância ao glúten é frequentemente confundida.

3. Mudanças de peso inexplicáveis

Mudanças súbitas e contínuas no peso podem ser uma consequência de processos inflamatórios a nível celular e distúrbios metabólicos, na verdade, de uma má absorção característica da intolerância ao glúten.

4. Distúrbios do sistema nervoso central

Ansiedade, insónia, depressão, dores de cabeça, problemas de concentração e fadiga são consequências da irritabilidade intestinal produzida pela intolerância ao glúten.

5. Desequilíbrio hormonal

Distúrbios hormonais típicos da sensibilidade ao glúten são ciclos menstruais irregulares, flutuações repentinas de peso e acne.

6. Deficit de atenção e hiper-actividade

Conhecido como TDAH, pode ocorrer tanto em crianças quanto em adultos, devido à falta de atenção e problemas de autocontrole.

7. Problemas dentais

A má absorção de nutrientes típica da intolerância ao glúten diz respeito ao cálcio, causando problemas dentários, hipersensibilidade do esmalte, cáries e úlceras da mucosa.

8. Anemia

O ferro também é vítima de má absorção intestinal da intolerância ao glúten; isso resulta em redução do volume sanguíneo, fadiga, falta de ar, dores de cabeça, palidez da pele, mucosas e até artrite.

9. Doenças auto-imunes

Muitas pessoas com doenças auto-imunes têm intolerância ao glúten; A própria doença celíaca é classificada como tal e aumenta o risco de desenvolver doenças mais graves, como tireoidite autoimune, doença hepática autoimune, doença de Crohn, diabetes, vitiligo, artrite reumatóide e esclerose múltipla.

Comentários

Artigos Relacionados: