Sempre disseram que tomar café dá vontade de ir ao WC… Mas será mesmo verdade? Cientistas revelaram a verdade!

O café faz parte da rotina de muitas pessoas, há pessoa que tomam 1, 2, 3 até mais por dia. Existe muitas pessoas que acreditam que beber café dá vontade de fazer cocó e por isso ele é usado nas horas de prisão de ventre. Mas será verdade que o café tem este efeito ou mera coincidência?

O efeito laxativo do café foi estudado por cientistas da Universidade do Texas, Estados Unidos, para saber se realmente beber café dá vontade de ir ao WC.

Pixabay

Conheça o estudo

O café tem, sim, efeito laxativo, como os cientistas concluíram no estudo. Mas isso não tem ligação com a cafeína, do modo que muitos acreditavam. Os resultados do estudo foram apresentados no evento Digestive Disease Week (Semana de Doenças Digestivas). Para comprovar se beber café dá vontade de fazer cocó, os cientistas usaram ratos de laboratório no estudo.

Durante três dias consecutivos, os ratos tomaram café, tanto o cafeína quanto o descafeinado. Depois os cientistas analisaram a reação dos músculos do intestino dos roedores, por meio de sondas e testes físicos.

De forma obter resultados mais precisos, os cientistas também fizeram outro procedimento. Eles injetaram café diretamente nos músculos que foram retirados do sistema digestivo, para verificar a reação dos músculos.

Nos dois tipos de testes, os cientistas observaram que a musculatura do intestino delgado e intestino grosso apresentaram contrações após o café. Também foi observado que essas contrações fizeram com que o cocó se movimentar mais rápido que o habitual dentro dos intestinos, fazendo com que as fezes chegassem mais rápido ao seu destino final. Segundo Xuan-Zheng Shi, autor principal do estudo, tanto o café comum, quanto o descafeinado, tem efeito estimulante na mobilidade do intestino.

Outra parte interessante do estudo foi a descoberta de que o café também interfere no número de bactérias que vivem no intestino, a microbiota intestinal. A descoberta foi feita através das fezes dos ratos que tomaram café, que continha quantidades menores de micróbios. Isso mostra que o café – descafeinado ou não – pode ser um agente antibacteriano. Os cientistas ainda não sabem se essas mudanças são benéficas ou maléficas para a saúde.

Fonte: https://www.dicasonline.com