Querida tenho de ir trabalhar…


Toca o telefone e o médico reconhece a voz de um colega do outro lado da linha: 

– Precisamos de mais um jogador para jogar às cartas.

– Estou a caminho.

Enquanto ele veste uma blusa, a sua mulher pergunta:

– O caso é grave?

– É sim – responde ele, muito sério

– É tão grave, que já há outros três médicos no local.


Send this to a friend