Pinguim-magalhães encontrado morto com máscara de proteção no estômago


Um pinguim-magalhães , morreu depois de engolir uma máscara de proteção facial. O animal foi encontrado na praia de Juquehy, litoral do Estado de São Paulo, no Brasil.

A necrópsia ao animal foi feita pelo Instituto Argonauta, responsável pela preservação das espécies costeiras no litoral de São Paulo. Os médicos veterinários encontraram uma máscara dobrada do modelo N-95, indicada para o uso hospitalar, dentro do estômago do pinguim.

Quando é que as pessoas se mentalizam que o planeta não e só nosso? Temos de acabar com a poluição, estamos a destruir o planeta.

View this post on Instagram

⚠️🐧😷😓 Pinguim é encontrado morto após o feriado 7 de setembro e necropsia do Instituto Argonauta revela máscara embrulhada no estômago do animal . 👎🏼 As consequências do grande número de pessoas que frequentaram as praias do Litoral Norte paulista (Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela) no feriado prolongado de 7 de setembro não param e, desta vez, podem ter custado a vida de um Pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus), cuja causa da morte está atrelada a uma máscara que foi encontrada dentro do seu estômago. . 🔈 O caso aconteceu dois dias depois do feriado em meio a Pandemia, no dia 9 de setembro. A equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) do Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha foi acionada para recolher o animal morto na Praia de Juquehy, em São Sebastião/SP. De acordo com informações da equipe técnica, ele estava muito magro e com muita areia em todo o corpo. . 🐧 O pinguim foi levado para a Unidade de Estabilização (UE) do Argonauta que executa o PMP-BS Área São Paulo para necropsia, mas, para surpresa de todos, o exame localizou lixo oriundo da pandemia enrolada em seu estômago, uma máscara facial N95. . ➡️ Sobre o PMP-BS O Instituto Argonauta também é uma das instituições executoras do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. . ➡️ Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. . ➡️ O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Instituto Argonauta monitora o Trecho 10, compreendido entre São Sebastião e Ubatuba. Para maiores informações consulte: www.comunicabaciadesantos.com.br . ➡️ Matéria na íntegra em: https://bit.ly/2ZFf4J4 . #institutoargonauta #pmpbs

A post shared by Instituto Argonauta Ubatuba (@institutoargonauta) on

Relacionados:

0 Comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend