Pai, a Ritinha bateu-me!

Um miúdo chega a casa da escola, muito, muito desanimado. O pai, obviamente preocupado com toda esta situação, pergunta:

– Então filho a escola correu mal?

Responde o filho:

– Não pai, é a Ritinha que não me liga.

– Filho tens que lhe dizer palavras doces, senão não resulta.

No dia a seguir quando chega a casa, o miúdo ainda estava pior… pergunta o pai.

– Então?

– Eu disse palavras doces mas não resultou.

– O que disseste?

– Disse, açúcar, mel…

– Filho não é isso, são palavras do fundo do coração.

Dois dias depois pergunta o pai:

– Então o que é esse olho negro?

– Foi a Ritinha. Eu disse palavras do fundo do coração e ela bateu-me.

– Que palavras foram essas?

– Ora.. coração, tripas, fígado, rins..e ela bateu-me!

Outras Cenas Fixes:

Comentários: