O povo que parece sempre jovem e vive 120 Anos!

Já imaginaste um mundo onde alguém com 85 anos parece apenas ter 40? E um mundo onde mulheres podem ter filhos já depois de idosas, sem que isso seja um problema?
Sei que parece mentira ou invenção, mas trata-se apenas da realidade que acontece no Vale de Hunza.

povo_sempre_jovem_capa
Situado nas montanhas do Himalaias, o sítio tem vindo a ser estudado desde que foi descoberto, em 1916, por inglesas que faziam o reconhecimento da sua antiga colónia.
O local foi chamado de “Jardim do Éden”, por representar para aqueles ingleses o paraíso na Terra e a prova de Deus.
O Vale do Hunza tem apenas 30 mil habitantes, a mais de 2500 metros de altitude. O idioma é próprio e não tem derivações de qualquer outra língua conhecida pelo Homem.
O que deu mesmo fama ao local foi a alegria do seu povo, a simpatia e por imensas pessoas chegarem, tranquilamente, aos 120 anos. Isto, sem sofrer doenças ou problemas de saúde relevantes.
Para além disso, parecem não envelhecer. Pessoas de 40 anos mantêm a aparência de um adolescente e os idosos não parecem ter mais do que 50 anos.
Olhos muito claros, límpidos e uma beleza incomparável fazem deste povo um dos mistérios do mundo.
A receita para esta longevidade, dizem os especialistas, parece estar na prática de desporto constante, falta de stress, comer muito mesmo muito pouca proteína e alimentos de origem animal e manter a descontracção no dia a dia. Para além disso, tomam banhos de imersão em água extremamente fria, o que para aquela população é algo banal.
Tudo isto, tendo também em conta a total ausência de poluição, legumes transgénicos ou animais alimentados com rações de crescimento.