Mulher adota bebé recém-nascida e descobre que é irmã biológica do seu outro filho adotivo


O destino decidiu que estes irmãos deveriam ficar juntos, amados e cuidados por esta mulher.

Por vezes a vida coloca-nos diante de episódios tão incríveis que é difícil acreditar que sejam completamente aleatórios. O destino, na verdade, parece realmente planear encontros e eventos para que ocorram nos momentos e das maneiras mais inesperadas e surpreendentes.

Foi o que Katie Price, a protagonista de nossa história, certamente pensou, quando decidiu ser mãe pela segunda vez, adotando uma menina de uma família em dificuldades, que, em certo sentido, já era profundamente ligada a ela e aos seus afetos.

Quando Katie adotou o seu primeiro filho, Grayson, o bebé tinha quase 11 meses de idade. O seu maior desejo era ser mãe e, dados os seus problemas de fertilidade, a adoção era a sua única escolha. O menino precisava de ajuda e Katie estava pronta para ser mãe.

No entanto, a mulher nunca teria pensado em receber, apenas um mês após a adoção de Grayson, um telefonema do hospital a informar que outra menina, nascida há apenas 4 dias, precisava de alguém que cuidasse dela imediatamente.

A mulher, embora não planeasse adotar outro filho em tão pouco tempo, decidiu dizer que sim. Por isso, deu as boas-vindas a Hannah, que encontrou uma família e um lar com ela e Grayson. A esse ponto, no entanto, o impensável aconteceu.

Quando olhou para a pequena pulseira identificativa que colocaram na menina no hospital, Katie notou algo já familiar para ela. Na pulseira estava escrito o nome da mãe biológica de Hannah e, ​​incrivelmente, era o mesmo nome da mãe de Grayson.

É isso mesmo: a mãe tinha o mesmo nome e a mesma data de nascimento, mesmo que as crianças tenham características físicas bastante diferentes. Grayson, de fato, tem pele e cabelos escuros; Hannah, por outro lado, é de pele clara e cabelos loiros. Poderia ser apenas uma coincidência incrível? Katie quis investigar a fundo o assunto.

Ela então decidiu conhecer a mãe biológica e, assim que a viu, percebeu que as semelhanças com o pequeno Grayson eram evidentes. A mulher também confirmou que deu à luz a um bebé antes de Hannah, e o teste de DNA tornou tudo oficial: Grayson e Hannah são meio-irmãos biológicos e, incrivelmente, eles se reuniram graças à adoção de Katie.

Se Hannah tivesse sido adotada por outra família, os dois irmãos nunca se conheceriam, nem passariam a infância e a vida juntos. O destino, portanto, decidiu que eles deveriam ficar juntos, amados e cuidados por uma mulher amorosa e generosa como Katie.

O que aconteceu, nesse sentido, é realmente uma espécie de “milagre”, e só podemos desejar o melhor para esta família maravilhosa!

Fontes: Globalnews / Instagram woodandgraceblog


0 Comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend