Médico português descobriu alteração nos ventiladores que pode salvar milhares de vidas


Médico português criou uma forma de utilizar ventiladores externos, em casos graves de infeção Covid-19.

Paulo Roberto, médico anestesiologista do SNS, convocou outros especialistas, e criou uma forma de utilizar ventiladores externos, em casos graves de infeção Covid-19 causada, pelo novo Coronavírus.

“A questão aqui é substituir o ventilador invasivo, por um ventilador não invasivo. Eu estou é a ligá-lo a um circuito invasivo…portanto estou a ligá-lo a um tubo, que está dentro da traqueia do doente, algo para o qual o ventilador não invasivo não foi desenhado, começou por afirmar.

Não é resposta para todos os casos, mas pode ser para alguns

“Claro que esta solução não é a ideal…mas cumpre uma função básica, que é manter um doente vivo, quando nada mais houver”, explicou, ciente das limitações da invenção, que não é tão eficaz, mas que pode salvar milhares de vidas.

Os testes comprovam que resulta, e além de simples, esta técnica é de livre acesso

“Não existe nenhuma fase de produção ou comercial, isto é uma forma de adaptar equipamentos que existem já, uma solução para ser livre, utilizada por toda a gente, digamos que é só um manual de instruções…”

O preço, é outro incentivo

Alguns cêntimos por ventilador, porque os conectores acabam por ser tubos, quase…mangueiras, que são vendidas a metro e que são cortadas, 50 milímetros por cada ventilador. Portanto estamos efetivamente a falar de cêntimos…

Nos EUA a FDA, que regula o sector dos medicamentos e dispositivos médicos, já autorizou o uso de equipamentos improvisados. Para que estes ventiladores alternativos que existem possam ser usados nos casos mais graves de Covid-19, falta a publicação da descoberta num artigo científico, e depois a autorização do Infarmed.

Fonte: Jornal de Notícias


0 Comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend