Jornalista Ana Leal suspensa da TVI e alvo de inquéritos disciplinares


Foi impedida de exercer funções no canal.

Depois de várias semanas em “guerra”, que veio à praça pública, entre Ana Leal e o diretor de Informação da TVI Sérgio Figueiredo , a jornalista foi hoje suspensa e alvo de inquéritos disciplinares.

Ana Leal pode estar de saída da TVI. O advogado da jornalista revelou ao jornal Público que ela foi alvo de um processo disciplinar e um inquérito interno, para além de estar impedida de exercer funções no canal, embora continue a receber salário.

Em causa estão emails com “divergências internas acerca da emissão de reportagens” trocados entre a jornalista e a direção da informação da TVI e que Ana Leal divulgou ao conselho de redação do canal.

Segundo explicou o advogado ao Observador, em causa está o facto de Ana Leal ter entregado ao conselho de redação correspondência que trocou com a direção de informação da TVI e que se resumem a “divergências internas acerca da emissão de reportagens”. “Não são nenhuns segredos”, alerta.

“Acho que não há fundamento para a suspensão ou processo disciplinar. Há divergências editoriais normais e acho que esta acção de a suspender e promover um inquérito é pouco compatível com o espírito de liberdade de imprensa e expressão que devem reinar”, disse Ricardo Sá Fernandes ao jornal Público.

O advogado acrescentou que há a possibilidade da TVI “eventualmente despedi-la”, “é bastante grave para a liberdade de imprensa”.

Já não é a primeira vez que Ana Leal é suspensa. Em 2013, ela abriu guerra contra Judite Sousa e chegou a ser impedida de entrar nas instalações em Queluz de Baixo.

Fonte: observador.pt


0 Comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend