Funcionário recusa servir cliente sem máscara e recebe 70 mil euros em gorjetas


A cliente recusou-se a colocar a máscara obrigatória e insistia em ser atendida.

Num café Starbucks em San Diego, no estado da Califórnia, EUA, uma cliente recusou-se a colocar a máscara obrigatória e mesmo assim fez o seu pedido que acabou recusado pelo empregado.

O funcionário Lenin Gutierrez, de 24 anos, declinou as várias tentativas da mulher que insistia em ser atendida. A mulher, ao sentir-se ofendida, tirou uma fotografia ao jovem, publicou nas suas redes sociais e prometeu que da próxima vez ia acompanhada de um polícia e ainda levaria um atestado médico.

Meet lenen from Starbucks who refused to serve me cause I’m not wearing a mask. Next time I will wait for cops and bring a medical exemption.

Publicado por Amber Lynn Gilles em Segunda-feira, 22 de junho de 2020

Posteriormente numa entrevista à CNN, Lenin disse que foi insultado com vários gritos. O que poderia transformar-se numa crítica coletiva a Lenin, acabou por se tornar numa onda de apoio.

Na publicação a maioria dos comentários foi de que o jovem teve a atitude correta e foi criada uma página que angariou 70 mil euros em gorjetas.

Nas redes sociais, Lenin Gutierrez disse não ter palavras para descrever o que sentia. As gorjetas vão agora servir para Lenin cumprir o sonho de ser bailarino profissional e várias instituições de caridade também serão ajudadas.


0 Comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend