Famoso e populares pedem aos presos para “tratarem bem” do pai de Valentina


“Prisioneiros façam o que tem de ser feito”, apelou nas redes sociais.

Minutos depois de ter sido conhecido parte do relatório preliminar da autópsia a Valentina, a menina de 9 anos que foi morta alegadamente pelo pai, enquanto estava na banheira, José Castelo Branco reagiu nas redes sociais e apelou aos presos que se cruzem com o progenitor para fazer “o que tem de ser feito”, avança a Flash.

O marido de Betty Grafstein disse ainda na legenda da imagem que partilhou, do pai da menina, que nestes casos “25 anos” de pena era pouco para o crime praticado.

Porém, minutos depois de ter partilhado a foto e o “pedido”, Castelo Branco recuou e apagou a foto e a polémica declaração das suas redes socias.

Imagem partilhada por José Castelo Branco nas redes sociais

Agora apela a que haja um “um minuto de silêncio” esta terça-feira, às 21 horas, em memória de Valentina, a menina de 9 anos que foi encontrada num pinhal a poucos quilómetros da casa do pai… que tinha alegado que ela tinha desaparecido de casa, quando afinal teria sido morta pelo próprio durante uma discussão na banheira.

Os alegados autores do crimes, sobre os quais a PJ diz haver “fortes indícios”, vão ser presentes a juiz amanhã, para serem decretadas as medidas de coação para o pai de Valentina e para a madrasta.

Fonte: Flash.pt


0 Comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend