Esta menina ficou com as pernas tão roxas que até deixou os médicos assustados!


publicidade

Este menina de apenas 4 anos de idade, quase perdeu as pernas por causa disto, por elas terem ficado neste estado, assim tão roxas. É um caso arrepiante que até deixou os médicos completamente assustados.

menina_pernas_roxas_1

Por causa de uma condição que foi desencadeada pela catapora – “Purpura Fulminans”. Bo August é o nome da menina, e ela passou 2 meses e meio num hospital sem saber se iria morrer ou viver.

Tudo começou quando a menina contraiu catapora. De acordo com os médicos, os anticorpos produzidos pelo corpo dela para enfrentar a catapora acabaram causando uma deficiência de uma proteína chamada ‘S’, que fez com que o sangue dela não se coagulasse direito. Com isso, coágulos começaram a se formar nos vasos sanguíneos, causando necrose – a morte da pele.

menina_pernas_roxas_2

Foi aí que as pernas de Bo começaram a ficar roxas. Muito roxas. Os médicos chegaram até a ponderar a amputação, e os pais da menina já estavam a ficar desesperados. Ela estava com tantas dificuldades de se mexer que precisava de ajuda até para levantar. E foi aí que seus pais a levaram correndo para a emergência do Hospital Infantil de Birmingham, onde ela foi internada.

A jovem passou por muitos procedimentos, e passou cerca de 2 meses recebendo transfusões de sangue e tratamentos diários. Depois desse tratamento, Bo teve que aprender a andar novamente, afinal, ela tinha ficado meses em uma cadeira de rodas. Mas surpreendentemente, Bo já se recuperou completamente, e não tem nem vergonha de mostrar suas cicatrizes!

menina_pernas_roxas_3

Os médicos disseram que Bo teve muita sorte. “Eles me disseram que a condição dela era gravíssima,” conta a mãe de Bo. “Falaram que se ela sobrevivesse, provavelmente perderia algum membro. Mas deu tudo certo. Ela terá essas cicatrizes para a vida toda, mas ela é uma menina forte demais.”

menina_pernas_roxas_4

E Bo, como um prémio por ter sido tão valente, ganhou uma casinha nova! De brincar, claro, mas pra ela foi muito bom!

Relacionados:

One Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Send this to a friend