Carta para o gajo que anda a martelar a minha mulher!

Para o tipo que anda a malhar a minha mulher. Tu sabes quem és. Não estou chateado, só te vou pedir algumas coisas. Afinal de contas, estás a comer a minha esposa..

1. Para de deixar o tampo da sanita para cima. Estou sempre a levar com as culpas e já estou cansado disso…

2. Apesar de me estares a dar oportunidade de ir pescar mais vezes, para de beber a minha cerveja toda. É bom que bebas uma ou duas porque és uma visita, mas deixa-me pelo menos uma porque eu passo mais tempo aí do que tu.

3. Se beberes a última, compra mais ou deixa dinheiro para eu o poder fazer.

4. Por favor substitui o papel higiénico se acabares o rolo (está no armário debaixo do lavatório. Sugeres um sítio melhor?). Por alguma razão o meu filho de 5 anos acredita que se não estiver lá papel, ele não tem que se limpar…

5. Quando acabares de martelar a minha mulher, usa algo descartável para te limpares. O cesto da roupa do lado direito é meu e as roupas estão limpas porque eu as lavo e não a minha mulher. Fico com pouco tempo à pala disso e na semana passada a minha sweat estava “crocante”…

6. Por favor não digas aos meus filhos que és o tio deles. Eles são novinhos, não são atrasados mentais.

7. Para de ligar aquecedores em minha casa. Não pagas nada e espalhas o teu fedor a suor pela minha casa toda.

8. Quando ela perguntar “estas calças fazem-me gorda?”, diz que não. Podes pensar em dar uma resposta diferente e isso vai fazê-la pensar duas vezes acerca de enfardar uma caixa de gelado por dia mas o que estás a fazer na verdade é dar-lhe um motivo para ir comprar mais calças em que – adivinha – ela vai estar igualmente “gorda”.

9. Pára de comer os brownies. Os que comeste da última vez foram feitos pela minha mãe no meu aniversário! A minha mulher não cozinha nada bom há anos e se o fizer, não o partilha.

10. Tenta distribuir melhor o peso quando te sentares na minha cadeira. O encosto que raramente uso (jogar futebol, treinos, levar os miúdos a jogar basket, tudo isto ocupa muito do meu tempo) não está muito bom e quando me sento sou obrigado a meter mais peso do lado esquerdo!

Por fim, quero agradecer-te por a teres levado a almoçar no Dia dos Namorados. Ela não estava tão faminta quanto o normal e assim só tive que pedir uma refeição à hora do jantar. Posso usar o dinheiro que poupei para levar os miúdos a ver um filme! Obrigado, amigo.

Espero que me possas ajudar com o que referi em cima, pode dar para o torto se tiver que a confrontar. Se fizeres isto por mim eu aviso-te quando estiver fora e durante quanto tempo, para que não te sintas apressado!

P.S: Vou com os miúdos de férias no princípio de abril durante quatro dias, tens uma garrafa de vodka no frigorífico se por acaso ficares sem cerveja!


Segue-nos no Facebook: