A Austrália conseguiu bloquear a difusão de plástico nos rios! Um novo sistema que todos devíamos seguir!

A poluição causada pelo plástico é, sem dúvida, uma das mais nocivas ao meio ambiente. Não é apenas o que é visível a olho nu, mas também as fibras microscópicas que contaminam a fauna, a flora e os aquíferos.

Apesar das tentativas de substituir esse material por alternativas menos nocivas, o problema está a aumentar constantemente. Na Austrália, no entanto, um sistema foi testado para reduzir o vazamento de resíduos plásticos nos rios.

A ideia consiste em redes colocadas na boca dos dutos de drenagem que prendem os detritos, impedindo-os de atingir a água. O teste foi realizado na reserva natural de Henley, na cidade de Kwinana, instalando os filtros em todos os canos de água provenientes das áreas residenciais que chegam no parque natural.

Em apenas alguns meses, esse estratagema simples conseguiu reter quase 400 quilos de resíduos, incluindo aqueles carregados por fortes chuvas.

Quando as gaiolas de contenção estão cheias, elas são desmontadas e carregadas em camiões especiais direcionados para os centros de reciclagem. Ali o lixo é diferenciado em reciclável ou não reciclável, após isto as redes são reposicionadas nos tubos de drenagem.

Dada a eficácia do método simples e inovador, as autoridades decidiram adotá-lo e instalá-lo em toda a cidade. O sistema é funcional, mas não é isento de custos. Para comprar uma única rede, são necessários cerca de 9 mil euros. Em qualquer caso, estimou-se que essa despesa pode ser amplamente amortizada ao longo do tempo e que seu impacto positivo definitivamente compensa em comparação com o gasto sustentado.

banner-gearbest

Presume-se que, com o tempo, as mesmas redes que agora são usadas para conter detritos serão aprimoradas usando materiais mais avançados e de melhor desempenho. Desta forma, não só será possível reduzir os custos de instalação, mas também explorar os filtros para bloquear o derrame de resíduos muito menores.

Ao alterar a estrutura das gaiolas, um dia será possível evitar a poluição causada por outros materiais ou substâncias tóxicas.

A esperança é que essa ideia também sirva de inspiração para outros países, de modo a difundir o seu uso e melhorar a proteção do ecossistema já tanto danificado.

Fonte: Metro

Outras Cenas Fixes:

Comentários: